Isentão ou parasita?

🕵 Clesio Boeira 📁 Brasil 🕒 2020-04-05 16:41:33

Nem só de governo e oposição vive a política brasileira destes tempos de vírus chinês. Há o isentão, sofredor sempre em busca das maiorias eventuais, que pode negar o que apoiava, afirmar o que combatia ou simplesmente lavar as mãos indecisas de Pilatos. O isentão é um trânsfuga que some nas horas ruins com a mesma facilidade com que surge nas boas. Parece o reflexo (ir)refletido daqueles aproveitadores do centrão, mas, em verdade, não passa de perfeito idiota, que ainda se permite olhar os outros com ar de superioridade, quando não de desprezo.

O isentão é rato de barco. Se o casco fura, é o primeiro a pular fora. Não é companheiro para calafetar. O partido dele é o que está no poder, enquanto tudo correr bem. A ideologia é o interesse, o bolso. O país é uma empresa que paga bem, enquanto pagar. Não é a Pátria. O isentão não tem compromisso com projeto, nada. O isentão é egoísta. É parasita. É praga da política. Cuidado que ele o convence de que, quando tinha razão, não tinha, e, agora, que não tem, tem sim. (Clesio Boeira.)

Imagem: Reprodução

Leia também

Direitos reservados, sendo proibida a reprodução por qualquer meio © Clesio.Net 2003 - 2020