Wrestling: brasileiras conquistam mais duas vagas para Tóquio 2020

🕵 Clesio Boeira 📁 Revista 🕒 2020-03-15 18:21:58

As brasileiras Aline Silva e Lais Nunes vão representar o Brasil no Wrestling (luta greco-romana) nas Olimpíadas de Tóquio (Japão). Ambas chegaram às finais - pré-requisito para carimbar o passaporte rumo aos Jogos - no Torneio Pré-Olímpico Continental, na capital Ottawa (Canadá). Aline Silva (na categoria até 76Kg) e Lais Nunes (até 62 Kg) agora se juntam ao lutador Eduard Soghomonyan (até 130Kg), que assegurou presença em Tóquio 2020 na última sexta (13). Com as duas novas vagas garantidas ontem (14) já chega a 177 o número de brasileiros classificados para os Jogos Olímpicos deste ano.

O Pré-Olímpico da modalidade chegou ao fim neste domingo (15), com a realização das lutas do estilo livre, mas nenhum dos brasileiros que competiram hoje (15) se classificou. O lutador Bryan Oliveira (até 57 Kg), de apenas 19 anos, estreou com vitória, mas foi derrotado na semifinal. Já David Moreira e Marcus Calazans -ambos na categoria até 65 Kg – perderam nos primeiros combates.

Classificação feminina

A primeira a se classificar ontem (14) foi a lutadora Aline Silva. Após perder a primeira luta por 2 a 1 para a canadense Erica Wiebe, a brasileira foi somando vitórias até se garantir na final e assegurar a vaga olímpica. Atropelou, por 4 a 0, a venezuelana Andrimar Lazaro Diaz e, na sequência, superou por 4 a 2 a cubana Milaimys Potrille.

Já Lais Nunes carimbou o passaporte rumo à Tóquio 2020 com três vitórias consecutivas. Superou por 6 a 1 a canadense Michelle Christina Fazzari e depois massacrou a dominicana Yessica Perez, por 9 a 3. Na semifinal, garantiu a vaga olímpica ao derrotar por 3 a 1 venezuelana Griman Herrera.

 (CN com Abr.)

Leia também

Direitos reservados, sendo proibida a reprodução por qualquer meio © Clesio.Net 2003 - 2020